Maior armador do mundo abandona porto de Lisboa devido à greve

Estas são as consequências das greves que os estivadores teimam em manter. Quando deixar de haver trabalho para os estivadores no porto de Lisboa talvez se arrependam do caminho que optaram por seguir. Dos propulsores das greves (sindicatos) não se espera um mínimo de arrependimento.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s