Guerra de preços é a maior preocupação para as PME

O presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal considera que a grande preocupação das Pequenas e Médias Empresas (PME) é a guerra de preços. Ou seja, para as PME o maior risco de negócio é a falta de competitividade nos preços, uma vez que não conseguem competir em pé de igualdade com as grandes empresas.

Se é verdade que as PME não conseguem competir com as grandes empresas pelo preço, também é verdade que a competição pelo preço baixo não pode ser uma ambição das PME. As PME têm vantagem competitiva noutros fatores (rapidez, serviço, proximidade, rapidez, flexibilidade, etc.), pelo que deve ser esse o caminho percorrido.

“E porque não se associam as PME para ganhar escala e poder negocial? “Isso é um problema estrutural, o individualismo dos empresários.” A cooperação entre empresas é sempre positiva, desde que todas as partes ganhem, mas não creio que a associação entre PME seja suficiente para baixar custos de forma significativa, tal que consiga competir pelo preço com as grandes empresas. O modelo de negócio de algumas grandes empresas tem como objetivo a redução de custos e a geração de economias de escala, permitindo desta forma a venda de produtos ao preço mais baixo do mercado, vantagem competitiva que nunca será eliminada pela mera cooperação entre PME.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s