Uma em cada três ofertas de emprego ficou por preencher

Mesmo sem saber quais são os motivos, numa altura em que a taxa de desemprego é elevada, não faz qualquer sentido que 36% das ofertas de emprego fiquem por preencher. Nem a possível oferta de trabalho a preços baixos (salário mínimo nacional) justifica que os desempregados não aceitem os postos de trabalho que há disponíveis.

As justificações para a recusa podem ser várias: distância entre a morada e o local de trabalho, falta de experiência dos candidatos, falta de qualificações dos candidatos, comodismo, salário baixo, falta de vontade de trabalhar, etc. Alguns dos motivos estão relacionados com factores exteriores à vontade do trabalhador, outros dependem da vontade do trabalhador. Eu compreendo os primeiros, mas tenho dificuldade em perceber os segundos.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s