Um quarto de século depois, a indústria têxtil volta a mostrar a sua fibra

Aqui está um exemplo da transformação que viveu (e vive) o setor do têxtil e do vestuário nos últimos anos. De um sector baseado nos baixos custos de produção (através da mão-de-obra barata), o sector do têxtil e do vestuário transformou-se e começou a produzir produtos de elevado valor acrescentado, em que o fator de vantagem competitiva não é o baixo custo de produção. Inovação, rapidez, adaptação e capacidade de produzir pequenas séries num curto espaço de tempo são alguns dos fatores que diferenciam e acrescentam valor aos produtos do sector têxtil.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s