Não se pode dizer que é para defender o interesse comum que os trabalhadores marcam uma greve para o período em que a empresa tem mais clientes e mais receitas. A TAP está em situação de falência técnica e necessita de gerar mais receitas para que viabilidade não seja posta em causa. É por isso que os sindicatos da TAP deveriam ser mais ajuizados e jamais deveriam marcar uma greve para esta altura.

Enquanto uns fazem greve, outros aproveitam para gerar mais receita e captar mais clientes. À custa da TAP, a Ryanair e a Lufthansa aumentam o número de voos.   

Ryanair já reagiu à greve da TAP. Há voos a 19,99 euros

Lufthansa aproveita greve na TAP e vai fazer mais voos entre Lisboa e Frankfurt

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s