O calçado português tem sido várias vezes apontado como um caso de sucesso da indústria portuguesa.  Depois da hecatombe dos anos noventa do século passado, nos últimos anos a indústria do calçado tem vindo a ganhar quota de mercado em vários países, entre os quais se destacam alguns países extracomunitários. Apesar de os maiores clientes da indústria portuguesa continuarem a ser os países intracomunitários, os países terceiros têm um peso cada vez maior nas exportações portuguesas.

Sem Título

“O dinamismo recente das exportações de Calçado reflete essencialmente o aumento do preço unitário e não tanto um aumento das quantidades exportadas e está também associado a uma maior diversificação geográfica dos mercados de destino…”. Ou seja, as empresas do calçado têm vindo a exportar mais em valor do que em quantidade, significando que o crescimento das exportações portuguesas está mais relacionado com o aumento do valor dos produtos do que do aumento da quantidade vendida.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s