Suíços rejeitam o salário mínimo mais alto do mundo

No último domingo, os suíços decidiram, através de referendo, que não querem a introdução de um salário mínimo, mesmo sabendo que se trataria do salário mínimo mais elevado do mundo.

O mais curioso é que os eleitores suíços foram sensíveis aos argumentos do Governo e das entidades patronais, que consideravam que a imposição de um salário mínimo poderia aumentar o desemprego. O desemprego na Suíça é de apenas 3,2% e os suíços mostram preocupação com o aumento de um valor mínimo de remuneração (de acordo com os sindicatos, o valor do salário mínimo serviria para que as pessoas que ganham menos pudessem pagar as suas despesas básicas, uma vez que o custo de vida é muito elevado naquele país) . Em Portugal, o desemprego é 5 vezes mais elevado, mas os sindicatos portugueses defendem que o salário mínimo deve aumentar.

Eu sei que as pessoas que defendem a existência de um salário mínimo (e o seu aumento) podem dizer que a remuneração auferida por um suíço não é comparável com o valor ganho por um português. É verdade, mas então, como na Suíça, deixe-se o mercado funcionar.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s