Euro sobe e renova máximo de quase dois anos contra o dólar

Se olharmos para a variação das duas moedas (Euro e Dólar), percebemos facilmente que a política levada a cabo pelos EUA têm como consequência natural a desvalorização da sua moeda. Numa altura em que alguns países da Europa passam por uma grave crise económica e financeira, seria natural que o Dólar servisse como moeda de refúgio dos investidores e que, por isso, valorizasse em relação ao Euro. No entanto, não é isso que está acontecer.

A balança comercial dos EUA é deficitária, enquanto a balança comercial da Europa é excedentária. Os maiores blocos económicos mundiais, incluindo a Europa, estão a ganhar terreno à economia dos EUA. Vamos esperar para ver o que acontece, mas se os EUA continuarem pelo mesmo caminho é muito provável que a sua economia perca competitividade ao longo dos próximos anos.  Com a economia a perder competitividade e com o aumento exponencial da sua dívida, se a mesma política se mantiver, no médio/longo prazo os EUA podem ficar em apuros .

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s