O governo, os partidos políticos e, principalmente, a comunicação social têm andado a discutir os despedimentos na função pública. Ainda ontem, num programa televisivo, um dos analistas, por sinal economista, a reboque do apresentador, dizia que Portugal não tem funcionários públicos a mais. Portugal, segundo eles, e eu acredito, está na média da União Europeia.

Portugal tem tido ao longo dos últimos 38 anos défices públicos muito acima da média da União Europeia; a dívida portuguesa é muito superior à da média da União Europeia; Portugal durante a primeira década do presente século teve um crescimento económico abaixo da União Europeia; a taxa de poupança desceu para níveis nunca antes atingidos (abaixo da média da União Europeia); etc.

Se Portugal perde para a União Europeia em todos os fatores que nos poderiam ajudar a manter a despesa pública como está, onde é que Portugal vai buscar o dinheiro para manter a atual despesa pública?

Nota: eu não quero entrar na discussão estéril sobre o número de funcionários públicos, apenas digo que a despesa pública (esta e/ou outra) terá de ser reduzida.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s