Também é por estas coisas que costumo dizer que a intervenção do Estado na economia e na vida das pessoas traz quase sempre prejuízos graves aos cidadãos.  Sabia que o Estado paga um pouco mais de 3 cêntimos às empresas de distribuição de eletricidade por estas cobrarem a taxa de audiovisual aos cidadãos? Eu também não sabia, mas fiquei saber depois de ter lido este artigo.

O Despacho n.º 14388/2012 é claro: “1 — O valor da compensação pelos encargos de liquidação da contribuição para o audiovisual a reter pelas empresas distribuidoras e pelas empresas comercializadoras de eletricidade, incluindo as de último recurso, é de € 0, 0333 por fatura cobrada”.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s