Exportadoras desvalorizam efeitos dos salários na competitividade

Se a maioria das empresas portuguesas que exportam não tem ou não deve ter o baixo preço de venda como fator de competitividade, porque é que a descida nos salários deveria aumentar a competitividade das empresas? A redução dos encargos pagos pelas empresas no caso do despedimento é uma boa medida para as empresas, na medida em que torna mais fácil rejuvenescer os recursos humanos e adaptá-los às reais necessidades pontuais das empresas. Não é a redução dos custos que traz mais competitividade às empresas, mas o facto de a empresa poder adaptar mais facilmente os recursos às suas necessidades.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s