Estou a ler um livro de um autor sul coreano (Ha-Joon Chang) designado de “23 coisas que nunca lhe contam sobre a economia”. O autor critica o mercado livre começando o livro por dizer que o mercado livre não existe. Como os Estados normalmente impõem, por exemplo, a restrição ao trabalho infantil e à escravidão, então o mercado livre não existe, na medida em que não existe liberdade para os empresários contratarem livremente quem esteja disposto a trabalhar nas condições definidas.

Tal como este autor, muita gente crítica do mercado livre critica o que não existe. Apoiam-se em teorias e não olham para os factos. Esquecem-se eles de dizer que o trabalho infantil e a escravidão existem fundamentalmente onde o mercado livre não existe; onde as pessoas não vivem em democracia, mas sob a alçada de um sistema governamental que impõe restrições elevadas aos cidadãos. Os verdadeiros defensores do mercado livre não defendem a libertinagem ou a total ausência de regras, até porque o liberalismo (que também é muito criticado pelo autor e por outras pessoas) pressupõe a existência de liberdade, quando a escravidão implica uma restrição severa à liberdade individual.

O mais curioso é que as pessoas que criticam o mercado livre são quase sempre contra o liberalismo (e vice-versa), mas não são capazes de compreender que o mercado livre que eles criticam, e que algumas dessas pessoas admitem que não existe, viola fundamentalmente os princípios básicos do liberalismo.  Não estou a dizer que o mercado livre viola os princípios básicos da liberdade individual, mas que o mercado livre que eles criticam viola os princípios básicos nos quais assenta o liberalismo.

Os defensores do mercado livre defendem não só a livre iniciativa dos agentes económica sem (ou com pouca) intervenção governamental, mas também a propriedade privada e a liberdade individual de todos os agentes económicos.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s