Portugal vence a ‘guerra da cerâmica’ contra a China

Sou contra as medidas protecionistas. De acordo com os defensores destas medidas restritivas, elas visam a proteção e a competitividade dos produtos nacionais. Numa economia de mercado, em que as empresas de qualquer parte do mundo podem competir connosco, o sucesso das empresas está dependente de uma rápida adaptação às novas condições de mercado. Infelizmente, estas medidas protecionistas apenas servem para deixar tudo na mesma; as empresas nacionais não se adaptam e continuam a competir através de fatores (ex: preço) que não dominam, em que não têm vantagem competitiva.

O que aconteceria às exportações portuguesas se todos os países adotassem este tipo de medidas? As exportações portuguesas para a China estão a crescer cerca de 50%. Porque é que a China continua a ser vista como uma ameaça, quando ela representa uma excelente oportunidade de negócio?

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s