Ontem, o deputado do PS João Galamba e o fiscalista Tiago Caiado Guerreiro falaram sobre a proposta do Orçamento do Estado apresentado pelo Governo. O João Galamba disse a determinado momento que a solução do aumento dos impostos é insustentável (eu concordo); de igual forma também não é possível cortar mais na despesa. A solução passa por renegociar a dívida. Se não podemos aumentar impostos nem diminuir a despesa, estamos numa situação irreversível.  Se tivermos em conta a solução apontada pelo João Galamba, e partindo do princípio que é possível continuar a viver com o nível de despesa que temos, já só falta arranjar alguém que nos empreste o dinheiro de que necessitamos ao preço que podemos pagar. Na opinião do João Galamba, a dívida pública não é exagerada e podemos continuar a gastar mais do que temos.

Há muito que venho defendendo a diminuição da despesa como solução. A nossa dívida tem origem no excesso de despesa; é a despesa que tem de ser diminuída.

About J.Pinto

Apaixonado pelas matérias da gestão, da fiscalidade e da contabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s